Dicas de redução de custos em uma empresa

Uma boa gestão de custos em uma empresa pode garantir seu sucesso. Qualquer tipo de despesa impacta os resultados finais do negócio, levando em consideração o acúmulo destes ao longo do tempo. Não se deve esquecer que, em termos simples, os lucros de uma empresa são dados pela diferença de suas Receitas Totais, menos seus Custos e Despesas.

 

Ficou demonstrado que não é até o final de um ciclo contábil e após a liquidação contábil ou fechamento que as evidências do comportamento das receitas e despesas da empresa são alcançadas. A multiplicidade de atividades operacionais limita a capacidade dos acionistas da empresa ou de seus administradores de manter uma comparação contínua de receitas e despesas. Portanto, uma revisão contínua das despesas e uma comparação com a receita é altamente saudável para um bom fluxo de caixa do negócio. Não se deve esquecer que, em geral, o rendimento é tratado como tal mesmo quando o dinheiro não entra na empresa. A contabilidade de custos é uma ferramenta poderosa no planejamento e controle das atividades de uma empresa,

 

Algumas dicas para reduzir custos em sua empresa devem se concentrar em orientar seus esforços para aumentar seus lucros e prestar atenção aos custos de operação da empresa. Em primeiro lugar, o desperdício também pode ser reduzido em todas as áreas, incluindo: gestão estratégica, gestão humana, compras, tecnologia, marketing, vendas, taxas bancárias, impostos, linhas de crédito, produção, logística e contas de serviço.

Uma melhor utilização dos serviços significa ser mais competitivo, melhor posição no mercado e maiores lucros. Interessante, não? Vamos dar uma olhada nessas dicas em vários pontos:

– Automação da força de vendas

Os recursos tecnológicos são cada vez mais variada, bem como ser bons instrumentos para economizar sobre as vendas, especialmente quando você tem uma equipe que passa a maior parte do tempo na rua e usa muito o transporte teléfono.Para e cortar custos, utilizar melhor tipo de ferramenta de comunicação Skype ou Google+, e-mail, rádio e Internet via smartphones. A comunicação eletrônica por escrito também reduz o risco de erros nos pedidos, pois as informações são registradas nos correios.

– Alinhamento de tecnologia e estratégia

Um hábito comum em tecnologia da informação seleção de produtos é comprar o mais recente ou o que está na moda, sem qualquer necessidade de tê-lo .São necessárias para alinhar a compra de equipamentos com a estratégia da empresa. Dependendo do tipo de negócio, a tecnologia deve ser usada.

– Procurar / Comparar preços

Sempre que você comprar equipamentos para sua empresa ou negócio, faça uma investigação completa com os fornecedores, e alguns podem oferecer o mesmo equipamento pela metade do preço. O custo do hardware, em alguns casos, pode ser menor do que o software, portanto você deve investigar o suficiente para fazer uma compra cujo preço seja o melhor.

– Gastar em aplicações importantes

Invista mais em programas que ajudam a melhorar o negócio. Em outras palavras, coisas que melhoram o existente ou o tornam mais versátil ou confiável.

Avaliar o uso de software livre. Software livre significa menos custos de licenciamento, mas eles ainda podem exigir despesas de mídia. É por isso que é necessário avaliar quando será necessário investir na assistência ao seu sistema, por exemplo, o gerenciamento de dados pode ser baseado na web com ferramentas de código livre.

– Automatizar processos

Para reduzir o desperdício e horas extras, você pode escolher um programa que automatiza as regras e procedimentos adotados pelas ferramentas empresa. Estas pode ser operado a partir da intranet e consultado por todos os funcionários, encurtando assim o tempo e minimiza o processo de os custos.

– Instale programas de comunicação

Em empresas que têm subsidiárias ou unidades interligadas, como franquias, ferramentas e serviços de voz sobre IP federados podem fornecer conectividade para os membros da rede de forma mais barata, reduzindo o custo das comunicações telefónicas.

– Adote softwares de gerenciamento integrado

Em vez de manter diversos softwares para gerenciar inventário, finanças, gestão de recursos humanos e outras funções de negócios, considere o uso de um ERP (Enterprise Resource Planning) faz a gestão integrada do tipo negócio. Este de software ajuda a reduzir perdas nos processos, otimiza o uso do trabalho, calcula a quantidade de suprimentos e ajuda no relacionamento com o cliente.

  – Análise de Tendências

Revise todos os tipos de despesas, comparando com meses ou períodos anteriores, e preste atenção àqueles que experimentam variações significativas, tanto em incrementos quanto em diminuições.

– Justificação

Faça com que o orçamento aumente a base zero com as despesas e peça a cada área e departamento para “justificar” cada despesa a ser feita e para explicar ou detalhar as despesas já incorridas. Faça estas três perguntas: esta despesa é necessária? Pode ser reduzido? É possível adiar isso?

– Orçamento

Essa é, obviamente, uma das medidas fundamentais para reavaliação de custos dentro de uma empresa. É importante estabelecer o orçamento de despesas e monitorá-lo mês a mês, avaliando seus desvios. O fato de ter um orçamento não requer gastos, se você pode evitar ou adiar despesas, você tem que motivá-los a fazê-lo.

– Acompanhamento

Para controlar as despesas, é importante que você acompanhe. Consiste em monitorar os itens principais semanalmente ou mensalmente, analisando os desvios e tomando as medidas correspondentes.

–  Conscientização

Reduzir ou cortar custos é difícil, por isso é necessário conscientizar a gerência e também o resto da equipe que é necessário fazê-lo.

– Não tenha medo

Você deve perder o medo de cortar despesas, elas são medidas difíceis. Mas lembre-se de que, se você enfrentar uma crise, você deve executá-las antes que as consequências sejam irrecuperáveis.

– Recompensas

Confie-se a motivação dos funcionários para expor iniciativas de poupança e redução de despesas, para que aqueles que contribuem com ideias que reduzem custos sejam recompensados.

 

 

Outras ideias e técnicas podem ser implementadas, mas o importante é entender que a boa gestão de custos é a que produz os melhores resultados na lucratividade da empresa, qualquer descuido em aspecto poderia levar a empresa a caminhos nebulosos.

 

Leave a Reply: